Seguidores

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O HOMEM MORRE POR UMA MULHER


As mulheres falam mal dos homens,
Dizem até que nós não prestamos,
Que somos todos iguais,
Só queremos sexo, que não amamos.

Mas isso é uma mentira,
O homem ama de coração...
O homem sofre, o homem chora,
O homem morre por uma paixão.

Muitos homens vivem pelo mundo
Atirados à boemia,
Mas, todos eles já tiveram
Um grande desengano, um dia;

Em seus peitos existe saudade,
Muita angústia e muita dor...
O homem bebe, o homem chora,
O homem morre por um grande amor.

Um homem sozinho no mundo
Sem ter ninguém para acariciar,
Ele apela ao mercado do amor,
Onde não existe o dever de amar;

Mas, beber e comprar amor,
Não é a vida que um homem quer...
O homem erra, o homem chora,
O homem morre por uma mulher.

Nas mãos de uma mulher
O homem coloca o seu coração,
Mas, logo a vaidade dela
Transforma seu sonho em desilusão;

E ele, doente de amor,
Vai fazer pra ela uma serenata...
O homem canta, o homem chora,
O homem morre por uma ingrata.

Este poema faz parte do meu livro "Coisas de poeta".

12 comentários:

  1. Este poema é um hino! É um marco importantíssimo ao homem que o meu amigo diz tão bem por muitas vezes é enganado e não levado a sério por uma mulher. Nós falamos dos homens que são diferentes e só querem sexo, mas quantos homens não há que são sensíveis, bons, íntegros e sabem amar e honrar. Respeitar e ser leais ao um amor. Não se deve dizer dos homens porque mulheres também erram e podem ser assim. Quando se deve ser 100% digno e justo no jogo do amor para que nenhum sofra, homem ou mulher. Amigo! Fico feiz de me seguir e autorizo sim com muita alegria que divulgue meu link. Ficarei muito agradecida, pois admiro muito sua forma de escrever.Muito obrigado pela visita eu virei sempre me maravilhar com suas palavras. Beijinho para você com carinho.

    ResponderExcluir
  2. Foi uma ótima postagem, sua criatividade é relevante!
    Um abraço, continuarei à acompanhar suas postagens.

    ResponderExcluir
  3. Oi amigo:
    Que belo texto.
    Penso que tanto homens, assim como mulheres, já sofreram por amor.
    Cada um a sua maneira, busca encontrar uma companhia para partilhar sentimentos e pensamentos, e assim construir uma vida em comum.
    Abraços:
    Sil

    ResponderExcluir
  4. É uma bela declaração.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Querido amigo Marcos!

    O homem do seu poema está em extinção meu anjo..
    São raríssimos e os poucos que existem estão dentro de contos e poemas.
    A mulher ama de todo coração,não com a razão. Infelizmente ...o mundo está cheio de mulheres maravilhosas,sinceras,vivendo o horror da traição,da leviandade ,da possessividade dos homens.
    Marcos,não é nenhuma novidade a quantidade de mulheres que são tratadas como objetos,
    massacradas,torturadas psicológica mente,e até fisicamente,tudo porque amam desesperadamente
    seus maridos,namorados etc. Uma pena que o homem do seu texto não tenha encontrado a mulher
    que o ame verdadeiramente.Existem realmente mulheres fúteis e sem amor,mas é uma exceção na regra.

    Um beijo amigo querido...bom carnaval...

    Tu és um Poeta muito querido.


    Te adoro
    vera portella

    ResponderExcluir
  6. Com todo meu carinho hoje de alguma forma
    deixar um recadinho em seu blog.
    Estou um pouco ausente mais nunca esqueço
    a amizade abençoada que Deus me deu.
    Ler sua postagem tenha certeza que nunca deixo de ler ,
    pois ela é minha bagagem para acalentar
    os meus dias.
    A pior dor é da saudade vejo hoje com tristeza
    não poder digitar e fazer
    comentário em cima da postagem
    que vc fez com tanto carinho.
    A mim tudo que importa é receber sua visita
    me basta para alegrar meu coração.
    Penso em tudo com muito otimismo
    pretendo viver e valorizar cada segundo da minha vida.
    um feliz final de semana beijos paz amor e luz,Evanir.
    Acredite: Seu carinho e amizades tem me ajudado muito:
    Pode postar poema seu??

    ResponderExcluir
  7. Oi, estimado Marcos!

    Como está?
    Pensavas que não viria, aqui, te comentar? Só se eu estivesse doente, ou com PC avariado.
    Na próxima semana, estou três dias de férias, as de Carnaval e portanto tenho um pouco mais de tempo para os amigos/as.

    O ano escolar começou agora, aí, né? Aqui começa, em Setembro, de cada ano e termina, em Junho. Natal, Carnaval e Páscoa, temos férias, Professores e alunos.

    Já sabe que eu sou professora, não?

    Olha, amigo Marcos, li teu poema, e como sempre parece que estás falando com alguém, em tom, um pouco coloquial, pra pôr teu peito, teu coração, a nu.

    EU SEI QUE HOMEM AMA MAIS E MELHOR QUE MULHER, EU SEI!

    A infidelidade pode até ser mais elevada do vosso lado, porque vocês não são de ferro, e quando provocados, na maior parte das vezes, não resistem, mas isso, é efémero.

    Claro que se amar, verdadeiramente, uma mulher e se estiver tudo bem você e ela, não se justifica "uma escapadela".

    Seu poema está escrito com o coração inteiro, e não pela metade.

    QUEM ESCREVE ASSIM, JÁ AMOU, ASSIM.

    OLha, Marcos, não é preciso MORRER POR UMA MULHER, basta lhe ser fiel, leal e a amar, de verdade, apenas isso.

    Te desejo um bom fim de semana, pois Carnaval, eu não "curto".

    Abraços, com carinho, da amiga Luz.

    ResponderExcluir
  8. Oi, José Marcos! Gostaria de agradecer a tua visita ao meu blog e retribuir da mesma maneira. Já estou te seguindo! Parabéns pelas belas poesias. Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá belos poemas adorei,um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Muito, muito bonito!
    Não é preciso dizer algo, se disser, estrago!
    Um abraço.
    Tais

    ResponderExcluir
  11. Lindíssimo poema. Parabéns!
    (Não conhecia o seu blogue, mas já estou seguindo. Convido-o a reciprocar!)

    ResponderExcluir

  12. Parabéns pelo lindo poema! Abraço da "Mulher Bicho do Mato"

    ResponderExcluir

Seu comentário é o combustível da minha inspiração