Seguidores

domingo, 3 de fevereiro de 2013

DISTANTE DELA


Ah! Quão alegre seria a minha vida
Se ela estivesse do meu lado!
Ver-se-ia, então, toda a dor caída
Sobre o chão e por mim pisada.

Eu seria o homem mais feliz do mundo,
Do nascer do sol ao fim de cada dia,
E, todo o encanto dum amor profundo,
A cada noite, em mim, floresceria.

Mas que pena que a minha linda,
A mulher mais doce e mais desejada,
Está tão longe do meu coração.

Pouco a pouco a minha vida finda,
Sem o seu amor não me resta mais nada,
Sou um ser caído, entregue à solidão.

Este soneto faz parte do meu livro "Quando a dor se transforma em poesias".

21 comentários:

  1. mas que triste solidão heim amigo? É uma dor sufocante quando temos por companhia a solidão. Mas ela volta e aí os dias e noites serão divinos!!!!! Lindo Marcos!
    Um domingo maravilhoso.
    Beijos de orquídeas

    ResponderExcluir
  2. Ah, mas a esperança é a última que morre.
    Bicho! o Poema é lindo.

    HS

    ResponderExcluir
  3. Estar longe do ser amado é triste mesmo. É amor pela metade. Mas não se deve perder as esperanças. O amor pode tudo!!Muito lindo seu poema. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, querido Marcos!

    Tudo bem, por aí?
    Aí, ainda é bom dia, aqui já é boa tarde.
    Aqui, nesse momento são quase 12h30m e aí, penso que a diferença horária é de menos três horas. Depois, me fala, me diz quantas horas nos separam, tá?

    Li seu soneto, que amei. Você, Marcos é mesmo poeta, sem dúvida alguma. Creio que é formado em "SENSIBILIDADE" com espontanedade e sinceridade. Esse curso, nem todos/as o possuem, mas, graças a Deus, ainda há quem o possua. VOCÊ!

    Então, sua amada está longe de você! Nossa, e o Brasil que é tão grande! Eu sei que o poeta pode dizer "tudo", ou aquilo que deveras sente.

    Se vivesse em Portugal, ou fosse Português, você poderia viver no sul e sua amada no norte, porque em sete horas de carro, vocês estariam juntinhos.
    Tudo tem convenientes e inconvenientes, nessa vida.

    A Internet aproxima as pessoas, porque "conversamos", mas é só mesmo virtualmente, e no amor, se quer aproximação, entendimento, muito afeto e algumas cumplicidades.

    Não gostei do final do seu soneto, não. Vamos ver a vida com outros olhos! Do longe, se faz perto, como se diz, por aqui.
    Então pra que serve o avião?

    Já hoje tinha pensado em você e quando liguei o PC e não vi nenhum comentário seu, pensei pra mim: o que terá acontecendo com o Marcos?

    O primeio terceto de seu soneto, é muito terno, doce, mesmo.

    Quanto a alugar o coração, claro que isso só mesmo em poesia, porque o coração não se aluga, se dá, conscientemente, a alguém.

    Quanto aos estragos psicológicos e até, um pouco físicos que têm feito no seu, é preciso ter cuidado e saber escolher, e nos tempos que correm não está fácil, mas o GRANDE DIA, chegará.

    VIVER A DOIS É CEDER, PARTILHAR, COMPREENDER E AMAR.

    Lindo domingo.
    Hoje, temos sol em Lisboa, mas muito frio.

    Um abraço, com a maior ternura, da Luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga Luz, acho que a diferença de horário do Brasil para Portugal deve ser de três horas, como estamos vivendo o horário de verão, quando adiantamos os relógios em uma hora, essa diferença cai para duas horas; não tenho certeza, mas acho que é mais ou menos isso. Quanto à distância que eu falo no soneto, não é distância física, Quem dera fosse! A distância física, nos dias de hoje, pode ser facilmente superada. Se ela estivesse em outro planeta, por exemplo, eu roubaria uma nave da NASA e iria ao seu encontro; mas, quando são os corações que estão distantes, não resta nada a fazer, infelizmente. Eu poderia vê-la todos os dias, se quisesse, mas isso não adiantaria nada, poderia até nos distanciar ainda mais. Essa coisa de sentimento é tão estranha que à vezes me faz pensar que nada vale a pena, nos prendemos a uma coisa abstrata e a vida perde o sentido... Obrigado pelo comentário e pelo elogio. Abraços do amigo Marcos.

      Excluir
    2. Oi, estimado amigo Marcos!

      Tudo bem, com você?
      Por aqui, tudo legal, embora o frio seja nosso principal inimigo.

      Eu penso que quanto à diferença horária entre Portugal e Brasil é isso que você explicou pra mim, embora iso, também, dependa dos estados.
      Que tocante, quando você diz: "ROUBARIA UMA NAVE DA NASA", só pra ir ter com ela a outro planeta.

      De facto, Marcos, você tem razão: estando ela, por perto, e não entender e aceitar seu amor, dói e muito.

      TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA", sabe quem disse essa frase, sei que sabe.

      Sua alma é bem grande e nela guarda, todos os sonhos do mundo.

      O SENTIDO É SEMPRE EM FRENTE. SEJA FELIZ! FAÇA POR ISSO!

      Um abraço da Luz, bem carinhoso.

      Excluir
  5. Carinhosamente venho desejar um feliz e abençoado Domingo.
    Uma semana de Realizações. sonhos realizados,
    pois a vida é um constante recomeçar.
    Beijos paz e luz,Evanir.

    ResponderExcluir
  6. Lindo poema romântico, amigo José.
    Um abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
  7. Amigo retorno porque li sem deixar comentário
    do seu poema lindo mais triste.
    Todo poeta tem momentos de amor muitas vezes sofrem por não ser correspondido.
    Um grande amor ainda esta por vir.

    ResponderExcluir
  8. Olá amigo, cante, assobie, dance, chore, faça alguma coisa, qualquer coisa, mas não se entregue à solidão...
    E saiba que pode contar com uma folha em branco sempre!
    É escrevendo que driblamos a tristeza e a solidão.
    Eu até acho que é esta falta de amor, ou um amor distante que te faz escrever tão belo assim.
    Saiba que serei uma eterna admiradora e fã das tuas poesias.
    Um forte abraço desta amiga de sempre.
    Ivany

    ResponderExcluir
  9. Meu caro amigo Bicho do Mato.
    Obrigado por seguir meu blog.
    Vim conhecer o seu.
    Com certeza serei seu seguidor e com maior prazer.
    Lindos os seus poemas.
    Um recado de seu novo amigo: nossa vida é feita de momentos. Nunca desista de você, de ser feliz, de encontrar um novo amor. Aliás um novo amor não se encontra. um novo amor é resultado de um antigo e eterno amor: o AMOR A Si MESMO. Ama-se e muito. Sorria sempre, seja humilde, gentil e verás quanto a vida é maravilhosa. O amor é consequência de tudo isso.
    cante em suas poesias a beleza desse amor. Pois somente assim vocês irão se encontrar.
    Um grande abraço.
    Paz e Luz em seus dias.

    ResponderExcluir
  10. Ola! que blog bonito, querido amigo Bicho. Seus poemas sao maravilhosos, cheios de sentimento pleno, de cercanas sensacoes, muy sensivel, eu estou feliz em conhece-lo.
    Estou tomando alguns dias de ferias agora, mas logo voltaré a blogar. Envio a voce um grande abraco e um beijo.

    ResponderExcluir
  11. E desde quando distância é problema para o amor? Corre atrás. Lindo soneto amigo. Bjus

    ResponderExcluir
  12. Marcos querido, gostaria de te oferecer um presentinho, um selo de qualidade que fiz para os blogs de amigos que me causam fortes emoções e o seu é um deles. Se quiser aceitar (pois não é obrigado) acesse o link que vou te deixar, é o link de minha página de selos, o selinho esta no final da mesma, é só copiar e colar, ele é vermelho. Bjus pra ti.
    http://poesiasesonetos.blogspot.com.br/p/blog-page.html

    ResponderExcluir
  13. Vim agradecer sua visita ao meu blogue
    http://plullina.blogspot.pt
    Virei sempre que possa.
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  14. Ela vai voltar
    vestida de Infinito
    e o vai amar!

    E a solidão desaparece
    de seu coração
    e volta a luz
    volta o amor
    volta a vida.

    Eu sei!...

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  15. Maravilhoso poema de amor e saudade. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  16. Meu amigo querido.
    Hoje seu blog é destaque da semana
    no meu cantinho,.
    Coloquei imagem e código na postagem para ficar fácil levar,beijos carinhos,Evanir.

    ResponderExcluir
  17. Oi, amigo Marcos!

    Tudo bem?
    Eu não vou deixar você parar de escrever, nem pensar!
    Estou precisando de novo poema seu, de amor, preferencialmente.

    Por aí, deve estar calor, sol, luz e muita diversão, porque o Carnaval está pulsando nesse país (não curto Cranaval, não).

    Lhe desejo um lindo dia, com amor.
    Abraços da Luz, com carinho.

    ResponderExcluir

Seu comentário é o combustível da minha inspiração